Home PageCentral de canetas

Central de Canetas

A loja nos anos 50

Desde 1951 o “Posto Central de Canetas e Consertos”, fundado por Mariano Prieto, sempre deu prioridade ao conserto de canetas além da comercialização de peças novas. Durante estes 62 anos de dedicação aos instrumentos da escrita, Mariano Prieto tornou-se um colecionador e foi considerado um dos mais competentes restauradores de canetas.

Fachada do prédio na mesma época

 Em 1988, com a comemoração do centenário da “PARKER”, Mariano Prieto foi convidado para organizar o Museu da Caneta, pois na época já era considerado “a maior autoridade brasileira no assunto” (texto da Folha de S. Paulo de (04/10/1988).Também, em Março de 1988, em reportagem publicada pela revista PLAYBOY sobre o Centro Velho de São Paulo, a loja de canetas de Mariano Prieto já era considerada “parada obrigatória para quem gostava de escrever com estilo ou pretendia consertar uma caneta de estimação”.
Várias outras reportagens e menções foram feitas sobre Mariano Prieto e o Posto Central de Canetas e Consertos, mas foi em 1999 que veio finalmente a consagração de todo o trabalho sério e dedicado de todos esses 50 anos, quando foi convidado para ir a Lyon, na França, para receber o “Troféu da Excelência” (Scriptura 99 – Lyon – Março de 1999), troféu entregue pela Sra. Nicole de Ferran, então Diretora Geral do Grupo Gillette.

Mariano Prieto na Central de Canetas

Mariano Prieto recebendo o troféu da Sra. Nicole de Ferran

Em Agosto de 1999, quando acontecia o V São Paulo Pen Show no Shopping Paulista, Mariano Prieto recebeu homenagem pela dedicação e contribuição com os instrumentos de escrita, onde foi considerado “Enciclopédia Viva” sobre os instrumentos de escrita.

Em Maio de 2001, foi comemorado o jubileu de ouro do Posto Central de Canetas e Consertos, onde o Sr. Mariano Prieto recebeu 150 convidados (cerca de 70 clientes com mais de 20 anos que freqüentam a loja), contando também com a presença de parentes e amigos.

Mariano Prieto Junior e Mariano Prieto no V São Paulo Pen Show em 1999

Infelizmente dia 6 de junho de 2001, ocorreu o falecimento do Sr. Mariano Prieto, sendo que seu filho Mariano Prieto Jr. que já o acompanhava desde o início dos anos 90, está dando continuidade ao belo trabalho feito pelo seu pai, durante estes últimos 50 anos.

A partir de Julho de 2001 , sob o comando de Mariano Prieto Junior a loja passou a ter a denominação de “ MJ PRIETO Central de Canetas e Consertos.





Loja e vitrine da entrada do prédio antes da reforma

Antes da reforma

Reforma realizada em 2004